propaganda cabecalho
Home Artigos

Dúvidas de uma Futura Aeromoça

214
26

ATENÇÃO: Veja algumas dúvidas das futuras aeromoças 

Saiba agora quais são:

Quero ser aeromoça (comissária de bordo) mas, me acho fora do padrão! E agora?

Vou te explicar como isso funciona!

O que eu devo pensar “Comissária do CEAB”?

Bom, antes de tudo você deve pensar e refletir sobre esta pergunta:
“O que é um padrão para você?”
Bom, antigamente as mulheres tinham aquele padrão de altura, esbeltez, peso, cabelo, enfim muitas outras coisas.
Mas hoje venho com uma ótima notícia!
O que foi, está no passado, e hoje não funciona mais como antes.
Então, plis belas aeromoças, não se frustem!
Nem tudo é como você “acha”.
Claro que até pode pensar diversas coisas, inclusive se seu perfil se encaixa nessa área profissional.
Mas..
Você acha mesmo que esta se iludindo?
Vamos quebrar esse paradigma!
Você e outras milhares de mulheres acham que a aviação é feita de mulheres esbeltas, altas e magras.
Abandona logo esse pensamento!
Existe sim muitas aeromoça com diversos padrão de corpo, e elas simplesmente não são modelos.
Porém, seu pré-conceito não funciona como você acha, pois hoje em dia é tudo diferente.
Caso você esteja acima do peso, a empresa poderá te chamar para conversar e te orientar um nutricionista.
Não se preocupe!
Mas, atualmente existem diversos perfis de aeromoças com corpos de vários padrões, sendo elas magrinhas, gordinhas ou medianas.

As empresas valorizam a sua competência comissária!

Essa fator é o diferencial, pois a companhia aérea preza pelo seu comprometimento e responsabilidade.
Portanto é essencial saber lidar bem com o público.

Você ainda acha que deve desistir de ingressar na área de aviação?

Esquece esse conceito agora, não existe mais o perfil de magrela para você se encaixar.
Então aposte nesse carreira de aviação civil sem medo.

Vou ter que morar na base da cia aérea que fui contratada? Ou eles vão pagar a minha locomoção até lá?

Quando a companhia aérea te contrata como aeromoça, terá uma base que você irá escolher.
Pode até acontecer de você participar de um processo seletivo para uma determinada base, como por exemplo: São Paulo, Rio de Janeiro, e etc.
Se tiver outras vagas, conforme sua aprovação no processo seletivo, você poderá ter oportunidade de escolher o local.
Você não terá que necessariamente morar na base em que escolheu.
As comissárias de bordo (aeromoça/voo) não pagam por voar dentro do país do Brasil, por isso nada impede de que possa trabalhar em lugares diferentes.
A empresa não paga pela sua locomoção até a sua base.
Quando você for aprovado pela empresa aérea, acabará tendo o direito de voar de graça (não esquecendo das exigências em relação aos passageiros).
Portanto é necessário que a aeromoça esteja sempre adiantada com os seus horários de voo, respeitando os horários de serviço.

Você pode se interessar mais por esse mundo da aviação, visite nosso site e saiba tudo sobre essa área profissional.

RESPONDER

Por favor, coloque seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui